Saga do verão: festivais de metal
Thursday July 9, 2015 | Alemanha, Música, República Tcheca, Viagem

Quase um mês sem computador e me sinto uma inválida virtual. Quem leu o post passado sabe que fiquei praticamente incomunicável esse tempo todo, a sorte é que meu marido tinha um iPhone 5 parado aqui, aí passei a usá-lo. Ao menos isso. E por ter ficado tanto tempo guardando informações e idéias, acabei esquecendo tudo, mas como blogar é algo que gosto muito, vamos ver o que vai sair desse post sem planejamento.

Festivais de verão

Os festivais de verão aqui na europa são muito conhecidos, e como bons viciados em música e viagem, começamos a nossa maratona desse ano.
Não gosto de festival grande, me irrita. Primeiro que sou extremamente chata com música, e festival que faz farofa com bandas não é pra mim. Aerosmith tocando no mesmo festival que Immortal, por exemplo: não vou. Não gosto. Sou meio elitista sim, confesso, acho que misturar as coisas é uma morte horrível pro público. Quem gosta de Hard Rock não vai achar bacana um monte de “black metaleiro” sujo de sangue com cara pintada e roupas de couro. E, claro, quem ouve metal extremo vai achar palhaçada quem usa bandana, maquiagem e cabelo bagunçado. É assim, gente! As coisas não funcionam como, em teoria, deveriam (não deveriam não, mas ok).

Hell Fast Attack
HELL FAST ATTACK, rolou aqui na República Tcheca nos dias 26 e 27 de junho. Super agradável, ambiente pequeno, camping área ótima, com água potável, chuveiros e banheiros (de verdade, não químicos – e com papel) sempre limpos. O cardápio era bem legal também, de noodles a hambúrguer e sanduíches tradicionais da região, a cerveja também era muito boa e tinham 3 tipos diferentes. O lineup também estava super bom, pra quem gosta de metal claro: Nokturnal Mortum, Inferno, Darkened Nocturnal Slaughtercult, Acherontas, Arkona, entre outros.
O show que mais esperava era o do Darkened Nocturnal Slaughtercult, banda que fechou o festival (foto acima). Pra variar a vocalista estava MA RA VI LHO SA. Essa mulher é um arraso. Quando vejo show deles, nunca sei se bato cabeça ou fico olhando pra ela… Quase sempre fico olhando, não consigo parar. É amor demais pra deixar passar!
Festival 9/10. Volto ano que vem, e acampo novamente, sim! :)

Under The Back Sun 2015
UNDER THE BLACK SUN, rolou entre os dias 2 e 4 de julho em Bernau, cidade do lado de Berlin. Acho que em questão de locação, foi o melhor festival que já fui até então. O festival acontece no meio da floresta. Sim, exatamente assim. É uma sensação maravilhosa ver o fundo do palco repleto de árvores e um verde sem fim. Não trombamos com nenhum animal silvestre, mas insetos foi algo que não faltou. INFELIZMENTE NÃO POSSO DIZER O MESMO DA ÁGUA POTÁVEL!
Sim, tivemos um grande problema em relação à água nesse festival. Além de não tem uma bica ou bebedouros com água disponível pra quem estava no acampamento (sob o sol de 46c), não tinhamos água nem pra lavar as mãos/rosto, quem dirá tomar banho. Foram três dias que, apesar de bem dormidos, não nos faltaram suor, calor e terra. Me senti horrível por não poder tomar banho naquele calor terrível e não ter água o suficiente.
Sobre os banheiros: o festival contava APENAS com 7 banheiros químicos, pra um total de 1.500 pessoas mais ou menos. Nossa sorte é que era na floresta, então tudo foi feito no meio da natureza, afinal, ninguém merece sentir o cheiro do excremento alheio. Risos. Lágrimas. Como falei com uma amiga minha: FOI UÓ!
Mas balanceando, o festival foi bom, vimos amigos e seus respectivos shows, nos divertimos, bebemos, rimos, nos sentimos desgraçados na volta pra casa, mas tudo acabou bem.

Agora é esperar pelo Brutal Assault no início de agosto! :)



Posts Relacionados


8 Comentários em “Saga do verão: festivais de metal”


Jéssyka | 10-07-2015 às 01:00 | Responder

Eu ainda irei em um! :( hahah
namesmafrequencia.com.br (Um blog de casal)

Lívia | 10-07-2015 às 10:42 | Responder

Tbm fico incomodada com misturança de bandas/estilos e não tenho lá muita paciência com festivais grandes. E, gente, festival na Republica Tcheca com banheiro não químico é muito amor! Já teria me ganhado só por isso (já que não entendo nadica de nada de metal heh).
Fico pirada quando vejo esses festivais europeus… aqui no Brasil é tudo sempre o mesmo, né? Na minha próxima visita ao velho continente quero ver se consigo coincidir com algum show fodástico em algum parque aberto ou algo nesse estilo (me eixe, sonhinho rs).

Tati | 10-07-2015 às 13:23 | Responder

Aqui onde eu moro o máximo que temos é show gratuito do NX Zero
Pequena inveja aqui, sabe?

Novembro Inconstante

Taís | 11-07-2015 às 23:57 | Responder

Caramba, que situação essa de ficar sem tomar banho nesse calorzão todo e os 7 banheiros haha apesar que um festival no meio da natureza foi uma ideia muito legal mesmo, imagino que gostosa a sensação de ter esse monte de árvore em volta, né?

Aqui na Europa tem taaaanto festival bom, ainda não fui em nenhum, mas quero ver se consigo um dia.
:)

Marília Pessoa | 12-07-2015 às 21:13 | Responder

Que massa! Sempre quis ir a um festival desses. Festival europeu deve ser muito fodástico, imagina só!
Adorei saber mais sobre eles!

bjs
blogtrashrock.blogspot.com

Camila Faria | 14-07-2015 às 22:01 | Responder

Ai, eu também sou bem ~ fresca ~ com relação a essa mistureba de sons que eles fazem na maioria dos festivais. Difícil encontrar um lineup decente, com bandas que tenham a ver umas com as outras no mesmo dia. Maaaaasss.. fazer o que, né? Tem que selecionar muito os festivais.

E, gente, sofri por você com esse lance da – falta de – água. The horror, the horror.

Meggy | 17-07-2015 às 14:58 | Responder

Quanta inveja branca que estou sentindo de você, Mellanye *-* haha
Quanta perfeiçãoooo <3

Amei o post!

Larissa V. | 18-07-2015 às 22:42 | Responder

Armaria, ficar sem tomar banho no calor é o fim! Mas se foi bom, pelo menos isso! Gente, eu não sabia que era tão quente assim por aí D: com 46 graus eu tô é morta já cheia de bicho comendo meus olhos.
Gostei do vestido branco da mina da banda, quero um (y)
E volte logo pra blogosfera, pq faz falta <3
Bezo!


Comentar