Quando conheci alguém importante: Audrey Sylvain
Tuesday June 2, 2015 | Música, Pessoal

Nunca tive a oportunidade de conhecer alguém que eu realmente nutro uma admiração. Falo sobre pessoas famosas. Não que eu tenha muitos ídolos por aí, tenho até bem poucos, e são músicos em sua maioria. Já imaginava que eu fosse ficar nervosa e, ao invés de ir ao encontro, eu ia me afastar. E assim foi. EXATAMENTE ASSIM.

Audrey Sylvain

Encontrei Audrey Sylvain num show de Black Metal, em Milão/Itália, em dezembro de 2014. Ela estava com seu marido Famine, da banda Peste Noire, que é outra figura que julgo genial dentro desse estilo musical, e obviamente não acreditei quando vi aquela baixinha ruiva na minha frente. De uma delicadeza inigualável, me abraçou e beijou não sei quantas vezes, ela agradeceu muito sobre eu ter dito que o trabalho dela era muito importante pra mim. A única coisa que eu queria era que aquele momento parasse HAHA Sim, fui bem fangirl, mesmo! E, claro, se não fosse o meu namorado isso não teria acontecido, pois a vergonha tomou conta de mim de uma forma bizarra!
Aqui abaixo somos nós duas, bêbadas, acabadas depois do festival. E, bem, ela me pediu pra não postar essa foto em lugar algum pois estava se sentindo feia e “bêbada demais”, mas como eu sou do contra, postei sim… Apesar de ter rabiscado nossas caras (a situação estava muito feia, migas, acreditem!)

Eu e Audrey Sylvain

Cantora, bailarina, pianista, violinista, poeta. E o que mais? Linda, sensacional, diva! haha
Ela é meio francesa e meio alemã, nasceu não sei onde, mas tem 30 anos atualmente. Seu único projeto musical na ativa é o Peste Noire, em conjunto com seu marido. Entre projetos dela e projetos em que ela participou estão Germ, Amesoeurs, Alcest, Horns Emerging e Valfunde.
E eu gosto de todos as bandas que citei aí, e as bandas paralelas dessas bandas também (!!) Todos são ótimos músicos, uns amores, lindos e maravilhosos.

O trabalho dela


Horns Emerging – Spleen: em conjunto com o Kim Carlsson, multi-instrumentista da falecida banda Lifelover, e que atualmente tem os projetos Kall e Hypothermia.



Germ – Butterfly: em conjunto com o Tim Yatras, multi-instrumentista que manteve muitos projetos solos. Seu projeto mais conhecido é o Austere, que acabou em 2010. Hoje, além do Germ, ele mantém as bandas Ilium, Blackened Angel e Autumn’s Dawn.

Sim, sei que é um tipo de som completamente peculiar e é muito fácil as pessoas não gostarem, mas enfim… Fica aí a dica de música, e meu desabafo sobre essa linda noite :)



Posts Relacionados


9 Comentários em “Quando conheci alguém importante: Audrey Sylvain”


Maria | 02-06-2015 às 21:37 | Responder

Desconhecia essa moça, mas conheço várias bandas que você citou no post. Acho que não sabia quem ela era porque eu geralmente não procuro saber quem faz as músicas que eu ouço – eu simplesmente ouço, curto e fica por aí mesmo. Mas adorei Spleen, me deu saudade da Noruega (existem certos acordes que me dão saudade de lá, vai entender HHAUHAUAHA).

Beijos.

camyli alessandra da silva | 03-06-2015 às 20:19 | Responder

Conheci poucos idolos e um dos melhores sentimentos do mundo!

Camila Faria | 04-06-2015 às 20:28 | Responder

Menina, não acredito! Ainda bem que seu namorado estava lá, senão o momento ia passar e você ia ter esse arrependimento pra sempre. Muito legal a história!

Cecilia Mesquita | 04-06-2015 às 20:30 | Responder

Conhecer seus idolos parece um sonho ♥

BA MORETTI | 05-06-2015 às 04:21 | Responder

caralha, que coisa genial. e sen or, ainda bem que teu namorado fez a mão né. essa coisa que a gente tem de travar na vida quando bate o nervosismo, tazeloco. HAHAHHAHA e só pra constar, adorei o som.

Alessandra | 06-06-2015 às 17:47 | Responder

Conhecer um ídolo e ainda ficar bêbado com ele: não tem preço. Que namorado abençoado que deu o apoio moral na hora certa. Adorei!

Beijos.

Fernanda | 07-06-2015 às 19:07 | Responder

Gente, SOCORRO
Onde eu estava nessa vida sem conhecer essa mulher? HAUEHAHUEAHEUHUAHAUAE tô apaixonada por Butterfly, sério!
E cara, que felicidade você tê-la encontrado pessoalmente, acho que na sua situação eu teria ficado tão tensa quanto, pq se eu já sou uma mula encontrando crush, imagina artistas que eu gosto HAAHAHAHAHA enfim, agradeça ao seu namorado sempre que você olhar para a foto de vocês duas bêbadas XD

Beijo!

Marília Pessoa | 07-06-2015 às 19:08 | Responder

É muito legal conhecer alguém que a gente admira muito, né? Deve ter sido muito bacana!
Não era pra tu ter rabiscado o rosto de vocês! kkkkk

bjs
blogtrashrock.blogspot.com

Hell | 08-06-2015 às 19:24 | Responder

Caramba, que da hora! É tão legal conhecermos pessoalmente nossos ídolos/pessoas que admiramos, née?

Só acho que deveria ter postado a foto sem riscado, pq bebum que se preze bota a cara no sol e passa vergonha por completo AHHAHAAH

Beijos

http://www.faroestemanolo.com.br


Comentar